06/12/2018 às 13h20min - Atualizada em 06/12/2018 às 13h20min

WEG Linhares anuncia expansão das atividades e geração de mais 500 empregos nos próximos 5 anos

Em operação no Espírito Santo desde 2011, a WEG Motors possui atualmente 2,5 mil funcionários e produz cerca de 6,3 milhões de unidades por ano.

Fonte Site Linhares

A WEG Linhares Equipamentos Elétricos S/A, com atuação marcante no Espírito Santo, entregou nessa terça-feira (04), ao governador do Estado, Paulo Hartung, termo aditivo ao contrato com o Invest-ES, se comprometendo a ampliar sua unidade de construção de motores, chegando a um investimento superior a R$ 75 milhões, com geração total de mais de 500 empregos diretos nos próximos cinco anos.

Participaram da assinatura do termo, o secretário de Estado de Desenvolvimento, José Eduardo Azevedo; o subsecretário da Fazenda, Sérgio Ricardo; além de Luis Alberto Tiefensee, Wilson José Watzko e Eduardo Hunms, respectivamente diretor-superintendente, diretor da controladoria e gerente da WEG Motors.
 
Para o secretário José Eduardo Azevedo, o investimento é mais uma vez fruto do bom ambiente de negócios criado pelo governo no Espírito Santo. "Com as contas em dia e importantes incentivos, as empresas que já atuam no Estado colhem frutos e se veem compelidas a ampliar e investir. E isso só gera mais empregos e qualidade de vida para os capixabas”, declarou.
 
Em operação no Espírito Santo desde 2011, a WEG Motors possui atualmente 2,5 mil funcionários e produz cerca de 6,3 milhões de unidades por ano. Entre 2014 e 2017, cresceu 8% e já investiu no Estado R$ 235 milhões. O Programa de Incentivo ao Investimento no Estado do Espírito Santo (Invest-ES) tem por objetivo contribuir para a expansão, modernização e diversificação dos setores produtivos do Espírito Santo.
 
Para isso, estimula a realização de investimentos, a implantação e a utilização de armazéns e infraestruturas logísticas existentes; renovação tecnológica das estruturas produtivas; otimização da atividade de importação de mercadorias e bens; e o aumento da competitividade estadual, com ênfase na geração de emprego e renda e na redução das desigualdades sociais e regionais.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »