04/12/2018 às 14h00min - Atualizada em 04/12/2018 às 14h00min

Presidente do Palmeiras garante time feminino para 2019: "Já temos comissão técnica"

Marco Aurélio Cunha, coordenador de seleções femininas, diz que busca convencer clubes a não fazerem parcerias e sim montarem equipes próprias

Fonte Globo Esporte

Maurício Galiotte, presidente Palmeiras, garante time feminino para 2019 — Foto: Felipe Zito

A partir de 2019, os clubes que disputarem competições da Conmebol terão obrigatoriamente que ter time feminino montado e registrado na CBF. Entre as equipes que correm atrás para garantir a adequação à nova regra está o Palmeiras. De acordo com o presidente Maurício Galiotte, já há comissão técnica e o trabalho de garantir a estrutura para as jogadoras também está em andamento.

- Estamos montando para o próximo ano. Já temos comissão técnica e todo o trabalho de infraestrutura em andamento - disse o dirigente ao blog Dona do Campinho durante a premiação dos melhores do Brasileirão na noite desta segunda-feira.

Marco Aurélio Cunha, coordenador de seleções femininas, afirmou que também está convencendo os dirigentes de clubes a não lançarem os times femininos em parcerias com outras instituições, mas sim montarem suas próprias estruturas para a modalidade. Ele revelou conversas com o Cruzeiro e também com Raí. Segundo ele, o tricolor paulista, que foi campeão paulista feminino sub-17 novamente nesta temporada, já contratou pessoas para a área administrativa.

- Benefício total para a seleção e para o futebol feminino. Os clubes que a princípio reclamavam, diziam "temos que resolver esse problema", obviamente não é um problema. Eu aqui na CBF estou convencendo cada almoço que tenho com presidentes que estou por acaso ao lado deles, agora recentemente foi o Cruzeiro, a gente convencendo a não fazer parcerias, fazer seu próprio futebol feminino, a ter sua estrutura formada desde o início para ela sair bem feita, para ir aprendendo. Acho que isso vai ser muito bom. É óbvio que tudo que é obrigatório soa mal, mas nesse momento eu acho fundamental que se faça. São Paulo foi campeão sub-17 pela segunda vez. O Raí falou comigo. A diretoria tem se esforçado muito para montar um grande time. Trouxeram pessoas para a área adminstrativa. Vejo um início muito bom. Alguns reclamando, é normal. Todo mundo que pega algo novo tem alguma dificuldade para aceitar, mas quando eles tiverem o gosto que eu tive pelo futebol feminino eles vão apreciar muito e começar a desenvolver de uma forma muito melhor. Estou muito feliz, é um grande momento - afirmou ao blog Dona do Campinho.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »