05/04/2021 às 09h48min - Atualizada em 05/04/2021 às 09h48min

EUA lançam competição de US$ 500 mil para melhorar design de máscaras

Prêmio será dividido entre os inventores das melhores máscaras. A competição é só para cidadãos norte-americanos.

Fonte G1
Joe Biden, antes de assumir, mas já eleito, tira a máscara para falar a jornalistas durante entrevista coletiva — Foto: Tom Brenner/Reuters

O governo dos Estados Unidos lançou uma competição para inventores de novas máscaras anticoronavíruss que vai premiar os autores dos modelos escolhidos com US$ 500 mil (R$ 2,8 milhões) no total.

A ideia é que a máscara seja mais confortável para vestir do que as que estão hoje no mercado.

Quem quiser concorrer terá até o dia 21 para enviar sua proposta de máscara.

"Queremos que as pessoas se envolvam no desenvolvimento de novas máscaras que sejam eficientes e confortáveis, isso vai nos ajudar a controlar a Covid-19 e nos prepararmos mais para futuras emergências médicas", disse Nikki Bratcher-Bowman, a secretária de resposta no Departamento de Saúde dos EUA.

Segundo ela, há várias razões pelas quais as pessoas se recusam a usar máscara, mesmo sabendo que isso ajuda a conter a pandemia.

O concurso terá duas fases. Na primeira, serão escolhidas 10 vencedores que ganharão US$ 10 mil (R$ 57 mil) cada.

Os critérios para o concurso serão eficiência, facilidade para respirar e como é ajuste ao rosto.

Não poderão ser incluídos filtros ou sprays dentro da máscara.

Na segunda fase, os concorrentes precisarão ter um protótipo. Essas máscaras serão testadas, e os inventores das cinco melhores vão dividir um prêmio de US$ 400 mil (R$ 2,3 milhões).

Link
Notícias Relacionadas »