31/03/2021 às 16h23min - Atualizada em 31/03/2021 às 17h07min

Empreendedorismo na cozinha: alternativas e ideias para gerar renda extra

Mudanças de hábitos na alimentação podem melhorar a saúde física e financeira das pessoas.

DINO
https://wyda.com.br


A renda extra passou a ser uma necessidade, atualmente, não só por conta da pandemia, mas pelo cenário econômico como um todo. Segundo pesquisa feita pelo Instituto Locomotiva para o jornal "O Estado de S. Paulo", mais da metade (54%) dos brasileiros afirmam que seu padrão de vida piorou e seis em cada dez entrevistados estimam que levará mais de um ano para reconquistar o que tinham. A renda extra é um valor em dinheiro conquistado ao realizar um trabalho alternativo. Ao invés de diminuir gastos, é melhor ter mais dinheiro na conta bancária, seja para um projeto novo ou para pagar contas atrasadas, quitar dívidas e colocar a vida financeira em dia. Algumas atitudes e mudanças de hábitos podem revolucionar a vida financeira das pessoas e conseguir uma renda extra é um bom exemplo disso.

Outra mudança de hábito recorrente nos últimos tempos é na alimentação dos brasileiros: cada vez mais as pessoas buscam inserir alimentos saudáveis em seu dia a dia, para que, dessa maneira, tenham a oportunidade de aumentar a sua qualidade de vida e de envelhecer com saúde. De acordo com dados da FIESP, oito em cada dez brasileiros afirmam se esforçar para ter uma alimentação mais saudável, buscando por produtos frescos, naturais e ricos em nutrientes.

Aliando essas duas informações sobre alimentação saudável e renda extra, a democratização da informação tem produzido efeitos surpreendentes na sociedade, como a capacidade de empreender.

O mercado de comida saudável cresceu mais de 130% nos últimos cinco anos, segundo o Ministério da Economia, e a explicação para este aumento está relacionada às atividades de Microempreendedores Individuais (MEI). Trabalhar com comida saudável para consumo domiciliar (que corresponde às marmitas e outras refeições embaladas) oferece um amplo leque de oportunidades: desde marmitas com comida caseira, low carb e fitness, docinhos veganos, snacks saudáveis, comida caseira para bebês e crianças, saladas no pote e até alimentação natural para pets.

Além de escolher um desses nichos da alimentação para atuar a partir da cozinha de casa, é importante um planejamento de gastos com os insumos, tanto para a comida, quanto às embalagens que serão utilizadas, definir o público-alvo, divulgação através das redes sociais e na região, formas de pagamento e se terá a opção de delivery ou retirada no local.

A empresa Wyda Embalagens pode ser uma aliada para os novos empreendedores do ramo de alimentação. A Wyda conta com um portfólio de embalagens de alumínio ideais para acomodar e transportar os alimentos, com a vantagem de ir direto ao freezer, forno e até ao micro-ondas.

Portanto, para conseguir uma renda extra e lucrar com comida saudável, as melhores ideias de negócio no ramo da alimentação são aquelas que respondem às necessidades dos clientes, além do cuidado no preparo até a entrega ao consumidor.

Link
Notícias Relacionadas »