14/01/2021 às 09h33min - Atualizada em 14/01/2021 às 09h33min

Inspetor penitenciário baleado no ES fica paraplégico, diz sindicato

"Houve uma reunião com a equipe médica e nela se confirmou que Rodrigo está paraplégico, tetraplégico ainda não está confirmado, mas será feita uma cirurgia ao final desta semana", contou um representante da entidade

Fonte Agazeta
Rodrigo Figueiredo da Rosa foi baleado no domingo (10). Crédito: Internauta

Rodrigo Figueiredo da Rosa, inspetor penitenciário baleado nas costas em uma tentativa de assalto no topo do Morro do Moreno, em Vila Velha, no início da noite de domingo (10), ficou paraplégico devido às lesões, considerando que a bala atingiu uma vértebra. A informação foi confirmada pelo Sindicato dos Inspetores Penitenciários do Espírito Santo.

De acordo com o diretor da entidade, Sostenes Araújo, houve uma reunião na tarde desta terça-feira (12) entre a diretoria do sindicato, a assistente social da entidade e uma psicóloga da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus). "Foi uma reunião com a equipe médica e nela se confirmou que Rodrigo está paraplégico, tetraplégico ainda não está confirmado, mas será feita uma cirurgia ao final desta semana para tentar trazer sensibilidade ao tronco dele e para tentar levá-lo a fazer fisioterapia", contou.
 

Rodrigo Figueiredo da Rosa, inspetor penitenciário baleado nas costas em uma tentativa de assalto no topo do Morro do Moreno. Crédito: Reprodução/TV Gazeta

Araújo ainda disse que, apesar da gratidão pela vida do colega, existe o sentimento de revolta pelo crime. "Está todo mundo muito revoltado, querendo justiça e que os meliantes sejam presos. Estamos acompanhando a situação do Rodrigo e da família, dando o suporte que o momento exige e cobrando providências das autoridades policiais para elucidar o caso. Enquanto isso, não vamos descansar", afirmou.

Em nota enviada à reportagem de A Gazeta na segunda-feira (11), a Polícia Civil informou que o caso foi registrado como tentativa de latrocínio e seguirá sob investigação do Departamento Especializado de Investigações Criminais (DEIC).

A PC voltou a ser acionada nesta tarde (12), para saber sobre o andamento da investigação e se algum suspeito foi detido, mas informou que não há atualizações que possam ser divulgadas no momento.

RELEMBRE O CASO

Um inspetor penitenciário foi baleado em uma tentativa de assalto no topo do Morro do Moreno, em Vila Velha, no início da noite deste domingo (10). Segundo informações do Sindicato dos Inspetores Penitenciários do Espírito Santo, a vítima, identificada como Rodrigo Figueiredo da Rosa, foi baleada nas costas e a bala atingiu uma das vértebras. Ele ainda teve a arma roubada.

Após ser atingido pelos tiros, o inspetor ficou sem sentir as pernas e os braços, o que dificultou o resgate já que a vítima estava em uma área de difícil acesso. A Polícia Militar apoiou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para que a equipe de resgate conseguisse chegar ao local. O Corpo de Bombeiros também acionado para ajudar na retirada do homem.
 

O inspetor foi vítima de assalto no Morro do Moreno, em Vila Velha. Crédito: Divulgação / Prefeitura de Vila Velha

De acordo com informações do sindicato, a vítima foi baleada depois que os criminosos perceberam que o inspetor estava armado. Outras pessoas também foram assaltadas no local.

A Força Tática e a Companhia Independente de Missões Especiais da Polícia Militar vasculharam a mata para tentar localizar algum suspeito, mas ninguém foi encontrado
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »