21/10/2020 às 08h39min - Atualizada em 21/10/2020 às 08h39min

Intel anuncia venda de divisão de SSDs por US$ 9 bilhões à SK Hynix

Transferência de tecnologia e propriedades intelectuais deve se prolongar até 2025

Fonte Olhar Digital
A Intel continua se desfazendo de divisões que não considera parte do seu núcleo de atividades. Depois de abrir mão de produzir chips para celulares e de vender sua divisão de modems para smartphones para a Apple nos últimos anos, agora a empresa confirmou a venda de sua divisão de produtos de armazenamento flash e SSDs para a coreana SK Hynix por US$ 9 bilhões.

O acerto, no entanto, prevê que a Intel manterá uma parte específica do negócio para si. A empresa continuará desenvolvendo e lançando os produtos Optane, que são SSDs de altíssima velocidade e têm sido usado em servidores para alavancar o desempenho de data centers e como uma espécie de cache em PCs e notebooks.

Assim, a SK Hynix absorve todo o negócio de SSDs NAND, componentes e wafers da Intel. A empresa também receberá a fábrica utilizada para a produção dos itens, localizada na cidade de Dalian, na China.

Apesar do anúncio, deve demorar um pouco para que a transação seja concluída. Primeiro, as empresas esperam concluir todos os trâmites regulatórios que um negócio deste patamar exige apenas no fim de 2021. É quando o pagamento de US$ 7 bilhões será feito. A partir daí, a transferência de tecnologia e propriedades intelectuais será feita progressivamente até 2025, quando serão pagos os US$ 2 bilhões restantes.

A divisão de armazenamento NAND da Intel não era pequena. Apenas nos primeiros seis meses do ano, ela movimentou US$ 2,8 bilhões em receitas, gerando um lucro operacional de US$ 600 milhões, que devem ajudar a SK Hynix a enfrentar a líder do setor de armazenamento, que é a compatriota Samsung.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »