15/09/2020 às 11h42min - Atualizada em 15/09/2020 às 11h42min

Samsung revela Galaxy Watch 3 Titanium

Nova versão do smartwatch conta com acabamento diferenciado e pulseira metálica

Fonte Olhar Digital
A Samsung revelou oficialmente uma nova edição de seu smartwatch. Batizada de Galaxy Watch 3 Titanium, a versão chega às lojas da Coreia do Sul e de alguns outros mercados selecionados em 18 de setembro.

O dispositivo será lançado com uma caixa de 45 mm, mas deve fornecer um ajuste melhor ao pulso do usuário. Além disso, o lançamento terá uma pulseira metálica – em vez de couro ou silicone.


Um dos destaques do dispositivo é a adição de uma pulseira metálica. Foto: Samsung/ Divulgação

Há também a adição de um aplicativo chamado Smart Caddy, bastante popular entre jogadores de golfe. Ainda citando o esporte, o dispositivo terá uma versão limitada com o logotipo PXG (Parsons Xtreme Golf), empresa especializada na fabricação de equipamentos esportivos, principalmente tacos de golfe. Neste caso, a versão com o símbolo em alto-relevo da companhia será limitada em mil unidades.

Na parte de hardware, o smartwatch conta com um chipset Exynos 9110 dual-core com clock de 1,15 GHz, 1 GB de RAM, 8 GB de armazenamento interno, bateria de 430 mAh e tela AMOLED de 360x360 pixels.

Por fim, todos os recursos presentes na versão padrão foram mantidos, como o monitoramento de saúde, medição de pressão arterial, monitoramento ECG, assim como acompanhamento fitness e de bem-estar. O Galaxy Watch 3 Titanium tem preço sugerido de US$ 650 (R$ 3.420 em conversão direta). A edição limitada com o logo do PXG chega por US$ 840 (R$ 4.420 em conversão direta).

Autorização para recurso de eletrocardiograma

Assim como o Apple Watch, a Samsung implementou em seu smartwatch mais recente, o Galaxy Watch 3, um sistema de eletrocardiograma (ECG). Com isso, o dispositivo torna-se o segundo do tipo a receber a autorização da Food and Drug Administration (FDA) para utilizar o recurso.

"Estou animado em anunciar que acabamos de receber a liberação da FDA para o aplicativo de monitoramento ECG da Samsung", disse Federico Casalegno, vice-presidente sênior da Samsung, durante o evento Galaxy Unpacked, que aconteceu em agosto deste ano.

A autorização significa que o relógio inteligente pode ser usado para medições. No entanto, não significa que deve substituir aparelhos feitos especificamente para isso, como marca-passos, que recebem autorizações de Classe III após testes extensivos.

No caso da Samsung, o smartwatch foi categorizado como Classe II – mesma categoria dos testes de gravidez e dispositivos para medição de pressão arterial.

O Galaxy Watch 3 também possui suporte para medir pressão arterial e o nível de oxigênio do sangue. No entanto, por enquanto, nenhum dos dois recursos recebeu autorização para funcionar. Apesar disso, podem ser disponibilizados a qualquer momento após permissão do FDA.

Via: 9to5Google
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »