05/08/2020 às 11h10min - Atualizada em 05/08/2020 às 11h10min

Preços do petróleo atingem máxima de 5 meses com grande queda em estoques nos EUA

O barril de Brent subia acima de 2% nesta quarta, negociado ao redor de US$ 45.

Fonte G1
Os preços do petróleo subiam nesta quarta-feira (5) para o maior nível desde o início de março, após dados mostrarem uma forte queda nos estoques nos Estados Unidos, embora preocupações sobre as crescentes infecções por coronavírus e seu impacto sobre a demanda tenham limitado os ganhos.

O petróleo Brent subia 1,07 dólar, ou 2,41%, a US$ 45,5 por barril, às 7h59 (horário de Brasília). O petróleo dos Estados Unidos avançava 1,11 dólar, ou 2,66%, a US$ 42,81 por barril.

Os estoques de petróleo nos EUA recuaram em 8,6 milhões de barris na semana até 1 de agosto, para 520 milhões de barris, ante expectativa de analistas de uma queda de 3 milhões de barris, segundo o Instituto Americano do Petróleo.

Dados oficiais serão divulgados mais tarde nesta quarta-feira.

"Um sentimento altista é justificado inicialmente hoje pelas notícias sobre os estoques nos EUA", disse o chefe de mercados de petróleo da Rystad Energy, Bjornar Tonhaugen. Ele ressaltou, no entanto, que esse sentimento pode não durar muitos dias, uma vez que a Covid-19 pode voltar ao centro do palco.

As mortes globais por coronavírus ultrapassaram 700 mil na quarta-feira, segundo contagem da Reuters, com EUA, Brasil, Índia e México liderando a alta nos casos fatais.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »