01/08/2020 às 12h29min - Atualizada em 01/08/2020 às 12h29min

Primeiro final de semana de agosto será de chuva no ES

De acordo com o Incaper, a instabilidade no tempo só deve perder força na próxima segunda-feira (3). Porém, as madrugadas continuarão frias

Fonte A Gazeta
As chuvas que atingiram o Espírito Santo desde a última quinta-feira (30) vão continuar neste primeiro final de semana de agosto. Crédito: Fernando Madeira

As chuvas que atingem o Espírito Santo desde a última quinta-feira (30) vão continuar, pelo menos durante este primeiro final de semana de agosto. A previsão é de temperaturas mínimas que podem chegar a 10 °C na Região Sul do Estado. A instabilidade no tempo só deve perder força na próxima segunda-feira (3), porém, as madrugadas continuarão frias.

De acordo com o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), neste sábado (1) a previsão é de muitas nuvens e chuva ao longo do dia em todas as regiões do Espírito Santo, sendo menos frequente na Região Noroeste. Além disso, o mar ficará agitado nas praias do Sul capixaba.

Na Grande Vitória a previsão é de chuva em alguns momentos, com temperatura mínima de 17 °C e máxima de 23 °C. Na Região Sul a temperatura mínima pode chegar a 12° nas áreas mais altas, com máxima de  20 ºC.

A Região Serrana pode chegar a 13 °C, com máxima de 20 ºC. Na Região Norte a previsão é de mínima de 14 °C nas áreas mais elevadas e máxima de 28 °C.

Na Região Noroeste a temperatura pode chegar a 16 °C, com máxima de 25 °C. Já na Região Nordeste, a mínima prevista é de 18 ° C e a máxima é de 26°C.

Durante o domingo (2), o tempo deve seguir instável por todo o Espírito Santo. Segundo o Incaper, a previsão de chuva fraca em alguns momentos do dia em grande parte do Estado, exceto na Região Serrana e em trechos do interior da Região Sul (interior), onde o sol deve aparecer timidamente. O mar continua agitado nas praias do Sul do Estado.

Na Grande Vitória, estão previstas muitas nuvens e chuva em alguns momentos, com temperatura mínima de 15 °C e máxima de 24 °C. Na Região Sul, muitas nuvens e chuva estão previstas, o mar fica agitado nas praias e a temperatura mínima pode chegar a 10 °C, com máxima que pode chegar a 26° C.

Na Região Serrana, o Incaper afirma que haverá variação de nuvens, sem chuva, com mínima de 12 °C e a máxima de 22 °C. Na Região Norte a previsão é de chuva em alguns momentos, com temperatura mínima de 14 °C e máxima de 28 °C.

Na Região Noroeste está previsto chuva fraca em alguns momentos, com mínima de 15 ° C e máxima de 27 C. Já na Na Região Nordeste, a previsão também é de muitas nuvens e previsão de chuva em alguns momentos, com temperatura mínima de 16 °C e máxima de 25 °C.

INSTABILIDADE PERDE FORÇA NA SEGUNDA-FEIRA

Ainda de acordo com o Incaper, na próxima segunda-feira (3) a instabilidade começa a perder força no Espírito Santo. A previsão é de chuva fraca no início do dia na Grande Vitória e por todo o litoral Sul, sem chuva nos demais horários. "Também de chove de maneira esparsa em alguns momentos do dia nas demais áreas do Norte capixaba, com a exceção do Sul da Região Noroeste. Nas demais áreas, variação de nuvens, sem expectativa de chuva. A madrugada é fria no Estado", informou o Instituto.

Na terça-feira (4) a previsão é de variação de nuvens ao longo do dia, sem expectativa de chuva. A temperatura diurna deve aumentar em todas as regiões capixabas. Porém, as madrugadas permanecerão frias.

Já na quarta-feira (5), o sol deve predominar na maior parte do Espírito Santo, com temperaturas estáveis. A previsão é de chuva esparsa apenas nas regiões Norte, Nordeste e alguns trechos da Região Noroeste.

FRENTE FRIA COM VOLUME DE CHUVA ACIMA DA MÉDIA

A forte chuva que chegou ao Espírito Santo na noite da última quinta-feira (30), causando estragos em municípios do interior, fez o mês de julho terminar com um volume de chuva acima da média normal para o mês por conta de uma frente fria que chegou ao Estado. As informações são do Instituto Climatempo.

Pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), choveu 91,9 milímetros, total que ficou 54% acima da média de precipitação para julho na Capital, que era de 59,7 milímetros.

Em julho do ano passado, choveu 66,1 milímetros. Entre às 15 horas de quinta (30) e 15 horas de desta sexta-feira (31), o Inmet registrou 91,4 mm em Santa Teresa e 76,6 mm em Vila Velha — sendo que 40 mm caíram em apenas 1 hora de chuva no começo da tarde desta sexta-feira.

O Climatempo informou, ainda, que a mesma frente fria que provocou estes grandes volumes de chuva sobre o Espírito Santo também causou chuva volumosa no Estado do Rio de Janeiro e no litoral de São Paulo
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »