01/07/2020 às 18h12min - Atualizada em 01/07/2020 às 18h12min

ES pode sentir efeitos de ciclone bomba que causou mortes no Sul do país

As informações constam em um alerta divulgado pela Marinha do Brasil. Estado pode ter ondas elevadas e ventos fortes

Fonte A Gazeta
O Espírito Santo é um dos Estados que podem sentir os efeitos do 'ciclone bomba' que vem causando destruição e mortes no Sul do Brasil. As informações constam em um alerta divulgado pela Marinha do Brasil. Apesar do ciclone mesmo não atingir o Estado e ficar concentrado no Sul, os ventos fortes e as ondas ligados a ele se propagam em direção ao Sudeste, incluindo o Espírito Santo.

Os ventos provocados por esse sistema meteorológico podem causar, entre a noite desta quarta-feira (01) e a manhã da próxima sexta (03), ondas, em alto mar, entre 3 e 4 metros de altura, entre o norte de Arraial do Cabo, no Rio de Janeiro, e o sul de Caravelas, na Bahia, incluindo o Espírito Santo.

A aproximação da frente fria ligada ao ciclone, que traz também chuva ao Estado, também poderá provocar ventos de até 74 km/h na faixa litorânea entre os estados do Rio de Janeiro, ao norte de Arraial do Cabo, e do Espírito Santo, ao sul de Guarapari, até a manhã desta quinta-feira (02).

A Marinha pede aos navegantes que consultem o portal do Centro de Hidrografia antes de irem ao mar. No Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, os ventos podem chegar a 115 km/h e as ondas a até 6 metros em alto mar. Em Santa Catarina, pelo menos seis pessoas morreram em decorrência do fenômeno que, por sua força e rapidez na formação, é chamado de ciclone bomba.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »