01/07/2020 às 08h47min - Atualizada em 01/07/2020 às 08h47min

Casagrande prorroga suspensão do funcionamento de bares, boates e cinemas no ES

Esses estabelecimentos estão proibidos de funcionar no Estado há mais de 100 dias, como prevenção ao coronavírus

Fonte A Gazeta
Bares no Triângulo das Bermudas na Praia do Canto . Crédito: Vitor Jubini

O governador Renato Casagrande prorrogou, até o dia 31 de julho, a suspensão do funcionamento de bares, boates, casas de shows, museus, teatros, cinemas e espaços culturais no Espírito Santo. Esses estabelecimentos estão proibidos de funcionar no Estado há mais de 100 dias, como prevenção ao coronavírus.

O decreto em que aumenta o prazo dessas medidas mais restritivas foi publicado no Diário Oficial do Estado, nesta quarta-feira (01), e também prorroga a suspensão das aulas presenciais, como já tinha sido anunciado por Casagrande, além proibir a visitação em unidades de conservação ambiental, públicas e privadas.

Antes da crise, o segmento de bares e restaurantes no Espírito Santo tinha 18 mil estabelecimentos, mas o Sindibares estima que pelo menos 4 mil não aguentaram a crise e já fecharam as portas e que 25 mil trabalhadores do setor foram demitidos.

Para os cinemas, o Governo do Estado libera a abertura somente no formato drive-in - com clientes assistindo a filmes em locais abertos, de dentro de seus carros.

De acordo com uma portaria publicada pela Sesa, entende-se como drive-in “uma área externa ou local aberto, em que o acesso e a permanência de clientes nos locais de exibição ou apresentação será permitida somente dentro dos automóveis/carros”.

Semelhante ao que já está sendo praticado em outros estados brasileiros, não será permitido o acesso a estes locais por pedestres, os clientes deverão ficar dentro dos carros e utilizando máscaras, mantendo uma distância mínima de dois metros entre os veículos. O pagamento dos ingressos deverá ser realizado preferencialmente por aplicativo ou adquirido de forma antecipada.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »