27/06/2020 às 10h11min - Atualizada em 27/06/2020 às 10h11min

Maioria dos clubes das séries A e B julga que Brasileiro dia 9 de agosto vai punir quem fez o certo

CBF estipulou data a pedido dos clubes, mas desagradou à maioria por definir uma semana antes do que os grandes queriam

Fonte Globo Esporte
CBF cobre a sede com homenagem aos campeões mundiais de 1970 — Foto: Fernando Torres / CBF

O maior bloco de clubes das Séries A e B julga que o Campeonato Brasileiro deve começar uma semana depois da data proposta pela CBF. Em vez do início no dia 9 de agosto, atrasar para dia 15 de agosto. É matemático. Basta olhar para a previsão -- se tudo der certo -- do reinício dos estaduais no dia 25 de julho. Serão seis datas para definição dos campeões. Neste caso, os estaduais de Rio Grande do Sul, Minas Gerais, São Paulo, Bahia, Ceará e Goiás terminariam no dia 12 de agosto.

O Rio de Janeiro e, talvez, Pernambuco, sejam concluídos antes. "Acho que é uma questão de bom senso. Uma semana a mais não vai alterar nada, porque o calendário já vai avançar até 2021", diz o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan.

O bloco de clubes da Série A, à exceção de Vasco, Flamengo e poucos outros clubes, é de que jogar no dia 9 punirá quem obedeceu às secretarias de saúde e a todos os protocolos.

A CBF pensa que a data limite para disputar todos os torneios com o número de datas inicialmente proposto é 9 de agosto. Mas este argumento é contraposto por dirigentes de Corinthians, São Paulo, Palmeiras, Santos, Grêmio, Internacional, por exemplo. Se o Brasileiro não terminará em dezembro, por que razão não pode terminar na segunda semana de fevereiro, em vez da primeira?

Na quinta-feira, segundo a CBF, os clubes pediram uma indicação de data e o presidente Rogério Caboclo cobrou como contrapartida o compromisso de os times aceitarem jogar em outras cidades, se houver 80% de permissão das prefeituras -- as proibidas mudariam temporariamente de endereço. No caso de aceitação deste pedido, a CBF definiria uma data.

Os clubes aceitaram o compromisso, mas a maioria não concorda com a data de 9 de agosto. Com uma semana a mais, resolvem-se todos os estaduais e prioriza-se a disputa do Brasileiro a partir da segunda quinzena de agosto.

O argumento parece justo e de mais bom senso.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »