24/06/2020 às 11h13min - Atualizada em 24/06/2020 às 11h13min

Apoiador de Bolsonaro vai à PF prestar depoimento e acaba preso

'Daniel Ativista' é investigado em inquérito que apura atos antidemocráticos

Fonte Estado de Minas
De preto, no centro da foto, 'Daniel Ativista' pede o fechamento do STF e do Congresso Nacional (foto: Reprodução/Facebook)

“Amanhã vou depois na polícia federal às 10 horas da manhã pois recebi uma carta de intimação da qual não sei o que se trata mas a verdade deve prevalecer sempre doa a quem doer”. Este é o conteúdo da última publicação no Twitter do bolsonarista Daniel Miguel, antes dele ser preso pela Polícia Federal, nesta terça-feira, em Brasília.

Conhecido como ‘Daniel Ativista’, o apoiador do presidente Jair Bolsonaro foi intimado para prestar depoimento no inquérito que apura o financiamento de atos com ataques à democracia e às instituições. E por lá ficou. Havia contra Daniel um mandado de prisão expedido por Alexandre de Moraes, ministro do Supremo Tribunal Federal.

Segundo informações do site Congresso em Foco, outro bolsonarista aguardado para prestar esclarecimentos é o blogueiro Allan dos Santos, criador do blog Terça Livre. Ainda não se sabe se existe mandado de prisão contra Allan.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »