14/02/2020 às 15h35min - Atualizada em 14/02/2020 às 15h35min

Ataques em Vitória: Governo não descarta pedir ajuda da Força Nacional

Quem falou sobre a possibilidade de atuação dos membros da Força Nacional foi o secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, Roberto Sá

Fonte A Gazeta
Força Nacional atua em Cariacica. Crédito: Foto: Reprodução/TV Gazeta

O Governo do Espírito Santo não descarta pedir ajuda da Força Nacional para conter a série de ataques que estão acontecendo em Vitória. Na manhã desta sexta-feira (14), as principais vias do município foram fechadas e um ônibus chegou a ser queimado por bandidos.

Quem falou sobre a possibilidade de atuação dos membros da Força Nacional foi o secretário de Estado de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, Roberto Sá.

"A Força Nacional está no programa em Cariacica, mas como a nossa prioridade é sempre a paz, tranquilidade e segurança da sociedade, se houver necessidade, a gente não descarta o apoio de ninguém, obviamente"

“Hoje a polícia reagiu imediatamente e no primeiro momento contornou a situação. Se surgirem outros focos, reagiremos com a mesma velocidade, profissionalismo e energia”, completou o secretário.

Na manhã desta sexta-feira (14), bandidos fecharam as principais vias de Vitória. O comércio foi fechado nas avenidas Leitão da Silva, Serafim Derenzi e Maruípe. Um ônibus do Transcol chegou a ser queimado na entrada do bairro Tabuazeiro.

Segundo o delegado-geral da Polícia Civil do Espírito Santo, José Darcy Santos Arruda, até o momento sete prisões já foram efetuadas pela polícia desde que as ações provocadas por criminosos foram desencadeadas em Vitória, inicialmente na Avenida Leitão da Silva e propagada para outras vias da capital capixaba.

A morte do jovem Caio Matheus Silva Santos, de 17 anos, e morador do Bairro da Penha, teria desencadeado a ação orquestrada de criminosos. O rapaz que acumulava passagens pela polícia chegou a ser socorrido e levado ao hospital, mas não resistiu e morreu.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale com o Portal
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp