14/02/2020 às 10h38min - Atualizada em 14/02/2020 às 10h38min

Tiroteio entre PM e criminosos na Serra termina com 2 baleados e 2 metralhadoras apreendidas

Durante a ocorrência, duas metralhadoras foram apreendidas com eles. Drogas e munição também foram encontradas.

Fonte G1/ES
Metralhadoras de fabricação caseira apreendidas — Foto: Reprodução/TV Gazeta

Dois suspeitos de tráfico foram baleados em um tiroteio entre criminosos e policiais militares no bairro Planalto Serrano, município de Serra, na noite desta quinta-feira (13). Durante a ocorrência, duas metralhadoras foram apreendidas com eles. Drogas e munição também foram encontradas.

Os policiais chegaram até o local através de uma denúncia anônima. "Quando a gente chegou, acabou se deparando com cerca de cinco indivíduos. Os dois que foram baleados estavam com metralhadoras nas mãos e os outros com outras armas diversas, mas conseguiram fugir", disse o cabo Fernando, da Força Tática do 6º Batalhão da PM.

As metralhadoras apreendidas são de fabricação caseira, que estavam nas mãos de traficantes do bairro Planalto Serrano, da região chamada de Bloco B. Uma era de calibre 380 e outra ponto 40.

A polícia apreendeu ainda um carregador com munições de calibre 9mm, crack e cocaína. O primeiro suspeito que foi rendido e baleado foi identificado como Evandro dos Santos de Jesus, de 22 anos, mais conhecido como "Vandoche".

Segundo a polícia, Evandro estava com uma metralhadora ponto 40, mas a munição travou no cano da arma. No confronto, ele levou três tiros.

"A arma dele inclusive parou de funcionar, travou a munição dentro do cano. Foi o momento que ele jogou a arma ao solo e se rendeu. Ele foi baleado, salvo engano, nas pernas, no tórax e no braço", disse o cabo Fernando.

Evandro é apontado pela polícia como o chefe do tráfico de drogas de Planalto Serrano. Em 2018, um vídeo que circulou pelas redes sociais mostrava o suspeito ostentando uma outra metralhadora. Na época, ele também trocou tiros com a PM, ficou baleado e depois foi preso. Entretanto, em agosto do ano passado, segundo a polícia, ele fugiu da cadeia.

"Já tínhamos o conhecimento de que ele era evadido do sistema prisional, então já tínhamos o intento de detê-lo no Bloco B, porém tentamos encontrá-lo várias vezes e não conseguimos. Nessa ocorrência, em particular, ele é um dos baleados", explicou o cabo.


Evandro, conhecido como Vandoche, foi preso — Foto: Reprodução/TV Gazeta

O outro suspeito baleado é um adolescente de 17 anos. Segundo a polícia, depois de ferido ele procurou atendimento na UPA de Serra Sede. Lá ele deu outra versão para os atendentes, mas logo foi descoberto pela polícia.

"Na UPA ele chegou, primeiramente, contando uma mentira, falando que estava fazendo um lanche e teria sido baleado nesse local, mas não teve nenhuma ocorrência de disparo de arma de fogo que desse conta dessa conversa dele ser real. Fomos ao local e reconhecemos ele", contou o cabo.

A policia informou ainda que os suspeitos ameaçavam de morte os moradores da região. "Eles coagem os moradores locais a não os denunciarem, diversas vezes ficam atirando a esmo no bairro para causar terror na população. Esses traficantes, além de traficarem droga mesmo, eles amedrontam a população, como se fossem um poder paralelo. Mas hoje eles se deram mal", falou o cabo.

O adolescente e Evandro foram transferidos para o Hospital Jayme Santos Neves, na Serra.

Sobre o menor, a PM disse que ele foi atendido no hospital e levado para a delegacia. Já Evandro continua internado com escolta policial. Assim que receber alta, será levado para o presídio porque tem mandado de prisão em aberto por homicídio
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale com o Portal
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp