22/11/2019 às 11h36min - Atualizada em 22/11/2019 às 11h36min

Espírito Santo é um dos três estados que não terão escolas cívico militares

Fonte ES HOJE
Primeiro dia de aulas no CED 01 da Estrutural, uma das escolas públicas do DF onde foi implementado o modelo cívico-militar.

O Espirito Santo é um dos três Estados que não tiveram municípios selecionados pelo Ministério da Educação (MEC), para receber escolas cívico-militares. Junto do Estado, Piauí e Sergipe também ficaram de fora da lista.

A escolha dos municípios foi realizada por meio de uma seleção técnica da pasta dirigida pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, com critérios eliminatórios e classificatórios estipulados para dar objetividade ao processo de escolha.

Com isso, as 54 instituições de ensino (38 escolas estaduais e 16 municipais) do Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares do MEC, em parceria com o Ministério da Defesa, estarão espalhadas por 23 estados e pelo Distrito Federal já em 2020. A adesão ao programa foi e continua a ser voluntária.

Já quando se fala de capacitação, de militares a gestores, todos os envolvidos com o programa passarão por uma capacitação promovida pelo MEC.

Antes do início das aulas, pontos focais das secretarias de Educação estaduais e municipais, diretores, professores, militares e profissionais de educação participarão de uma formação presencial e/ou a distância.

Procuramos os municípios de Montanha e Viana, que demonstram interesse na adesão. Mas não houve resposta até o fechamento da reportagem.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale com o Portal
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp