20/11/2019 às 10h47min - Atualizada em 20/11/2019 às 10h47min

Petrobras fecha contrato para vender Liquigás por R$ 3,7 bilhões

7 bilhões Como parte da estruturação da operação, será realizado investimento acionário minoritário e relevante por parte da Itaúsa na Copagaz, segundo a empresa.

Fonte G1
Liquigás — Foto: Divulgação

A Petrobras informou nesta terça-feira (19) que assinou com a Copagaz e a Nacional Gás Butano contrato para a venda da totalidade da sua participação na distribuidora de gás liquefeito de petróleo Liquigás, por R$ 3,7 bilhões. Não foram informados quais os percentuais que cada empresa deterá na Liquigás.

O fechamento da transação está sujeito ao cumprimento de condições precedentes, dentre elas a aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

A negociação envolvendo a Liquigás faz parte do processo de desinvestimentos da Petrobras, que pretende vender a totalidade de sua participação na distribuidora de gás de cozinha.

A Liquigás é subsidiária integral da Petrobras e atua no engarrafamento, distribuição e comercialização de gás liquefeito de petróleo (GLP) no Brasil. A empresa tem uma rede de aproximadamente 4,8 mil revendedores autorizados, tendo cerca de 21,4% de participação de mercado.

Como parte da estruturação da operação, a Itaúsa reiterou em separado que irá investir aproximadamente R$ 1,4 bilhão na Copagaz, passando a deter 49% do capital social dessa companhia, destacou a agência Reuters.

"A Copagaz, que permanecerá sob controle acionário dos atuais acionistas, aplicará ao negócio combinado suas reconhecidas práticas de gestão e experiência de mais de 60 anos no mercado", disse a Itaúsa.

Já a Nacional Gás, segundo a Itaúsa, adquirirá fatia minoritária na Liquigás e passará, após fechamento da operação e posterior implementação de reorganização societária, a ser detentora de operações em determinadas localidades.

A Petrobras já havia informado que o grupo formado pela Itaúsa, Copagaz e Nacional Gás Butano apresentou a melhor oferta final para compra da Liquigás, no valor de R$ 3,7 bilhões.

A Copagaz comercializa cerca de 620 mil toneladas de GLP por ano. É a quinta maior empresa de GLP do Brasil. A Nacional Gás Butano é a empresa de energia do Grupo Edson Queiroz que atua na distribuição de GLP em todo o Brasil. Já a Itaúsa é uma holding de investimentos.

A Petrobras chegou a vender a Liquigás no fim de 2016 para a Ultrapar por R$ 2,8 bilhões, mas o negócio foi bloqueado pelo Cade
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale com o Portal
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp