16/11/2019 às 16h03min - Atualizada em 16/11/2019 às 16h03min

Apesar do ES permanecer em alerta máximo, chuva deve diminuir

Estado ainda tem 10 municípios em alerta alto para o risco de deslizamento de terra por causa das chuvas previstas

Crédito A Gazeta
Alagamento provocado pela chuva na Rua dos Jornalistas em Novo Horizonte, de Cariacica . Crédito: Vitor Jubini

O Espírito Santo segue em alerta máximo por conta das chuvas que atingem o Estado desde terça-feira (12), mas a expectativa é de que o cenário de destruição melhore. São 664 capixabas fora de casa, sendo 354 desalojados e 310 desabrigados, e 10 municípios com alerta alto para o risco de deslizamento de terra. No entanto, a intensidade da chuva deve começar a diminuir.

De acordo com o tenente-coronel do Corpo de Bombeiros, Carlos Wagner Borges, se antes existia a preocupação de voltar a chover forte neste domingo (17), agora a expectativa é de que o tempo melhore.

"A previsão mudou para melhor. Há chuva, mas a expectativa é que não chova tanto como foi anunciado no começo da semana. A intensidade vai ser um pouco menor, de acordo com os órgãos de meteorologia. Nós ainda estamos em alerta máximo, mas os cinco municípios que estavam na categoria de alerta muito alto caíram de categoria e agora temos 10 municípios em alerta alto", afirmou.

Apesar disso, o tenente-coronel fez questão de ressaltar que os trabalhos continuam e ainda há risco de desabamento de encosta. "Enquanto estivermos com os municípios em alerta alto, o Espírito Santo segue em alerta máximo. O excesso de chuva, que caiu nos últimos dias, junto com qualquer quantidade de chuva que tivermos a partir de agora pode gerar um gatilho e provocar deslizamento de terra, queda de encostas. Por isso, os nossos trabalhos não param", garantiu Borges.

LOCAIS COM RISCO ALTO DE DESLIZAMENTO

    Serra
    Viana
    Anchieta
    Cariacica
    Fundão
    Santa Leopoldina
    Vitória
    Domingos Martins
    Piúma
    Alfredo Chaves
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale com o Portal
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp