08/11/2019 às 10h46min - Atualizada em 08/11/2019 às 10h46min

Novo Chevrolet Onix Plus tem vendas suspensas por causa de incêndios

Montadora revela em comunicado que problema no software de gerenciamento do motor do Onix Plus pode levar à quebra de componentes, vazamento de óleo e incêndio

Fonte Estado de Minas
O primeiro caso ocorreu no pátio da fábrica da GM em Gravataí (RS), em setembro, quando uma unidade do Onix Plus pegou fogo enquanto era manobrada (foto: Reprodução da internet)

Os fatos comprovam que comprar modelos recém-lançados no mercado de automóveis pode ser um risco grande, pois a possibilidade de aparecerem erros de projeto nos primeiros meses é real. Foi o que aconteceu com o novo Chevrolet Onix Plus, o sedã compacto que substitui o Prisma. Dois casos de incêndio registrados foram suficientes para a General Motors suspender as vendas do modelo e convocar recall para atualização do software de gerenciamento do motor. Mas tudo indica que o problema é mais grave.

O primeiro caso foi ironicamente registrado no pátio da fábrica da GM em Gravataí, no Rio Grande do Sul, em setembro. De acordo com relatos, uma unidade do modelo pegou fogo enquanto era manobrada no pátio da montadora. Recentemente, na cidade de Mirador, no Maranhão, o Onix Plus Premier de Cleiton James pegou fogo quando ele seguia em direção a Teresina. O proprietário estava com o carro há pouco mais de uma semana, e revelou que ouviu um ruído estranho no motor seguido de uma explosão. Um vídeo que circula pelas redes sociais mostra que, ao abrir o capô, Cleiton se deparou com as chamas no motor. Ele só teve tempo de pegar os pertences no porta-malas e sair de perto, para em seguida ver o fogo destruir seu carro novo.

BLOCO QUEBRADO

Depois desses dois casos, a General Motors resolveu suspender as vendas do Onix Plus e convocou os proprietários das cerca de 10 mil unidades que foram emplacadas de agosto aos primeiros dias de novembro. De acordo com a montadora, em condições muito específicas, o software de gerenciamento do motor pode apresentar falha, causando danos ao motor. A revista Quatro Rodas teve acesso ao esclarecimento oficial enviado pela GM ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, no qual a montadora revela que o problema no software pode causar quebra em componentes mecânicos do motor, como pistão, biela e até o bloco, causando vazamento de óleo, que ao entrar em contato com partes superaquecidas entra em combustão.

COMUNICADO À IMPRENSA

Depois de suspender as vendas do modelo e convocar o recall, a GM distribuiu um comunicado à imprensa revelando seu posicionamento oficial em relação ao problema com o Onix Plus. Confira o comunicado na íntegra:

“A General Motors tem como prioridade a segurança dos seus clientes. Por isso, informa que está prontamente convocando os proprietários do Onix Plus modelo 2020 entregues até então para atualização do software de gerenciamento do motor.

Em condições muito especificas e combinadas de pressão atmosférica, temperatura ambiente, umidade relativa do ar e composição do combustível o software de gerenciamento do motor pode, eventualmente, apresentar falha, com risco de danos ao motor e potencial incêndio, como no caso ocorrido na região Nordeste. Esta condição é precedida de um alerta visual no painel de instrumentos – a luz indicadora de funcionamento incorreto, referente ao motor, acende.

Os proprietários dos modelos envolvidos serão chamados a comparecer a uma concessionária Chevrolet para realizar de forma gratuita o serviço. Destacamos que o incidente anterior, ocorrido no pátio da fábrica de Gravataí, em setembro, foi um caso isolado provocado por um fator que não tinha relação com o projeto do veículo”.

A General Motors reafirmou que todas as unidades do Onix Plus modelo 2020 entregues até então serão submetidas ao recall, que consiste na atualização do software de gerenciamento do motor. Para ser atendido, o cliente deve fazer o agendamento em qualquer concessionária da Rede Chevrolet ou na Central de Relacionamento Chevrolet pelo 0800-702-4200. A montadora reforça que “todos os proprietários de Onix Plus devem levar seus veículos até a Concessionária Chevrolet de sua preferência. A GM disponibilizará para todos os clientes um veículo reserva alugado até que o procedimento de atualização do software em seu carro seja efetuado”. A montadora garante que a execução do serviço é rápida.

Apesar de ter sido lançado recentemente, este não é o primeiro problema apresentado pelo novo Chevrolet Onix Plus. Proprietários do modelo já foram convocados para para inspeção no chicote do painel de instrumentos e para correção do número de série do motor no documento do veículo. Infelizmente, é comum surgirem problemas de projeto nas primeiras unidades de modelos recém-lançados. Por isso, o ideal é esperar pelo menos um ano após o lançamento da novidade para depois comprar, pois assim dá tempo dos problemas aparecerem e serem corrigidos pelas montadoras. Caso contrário, corre-se o risco de ser um dos primeiros a ter “uma novidade” cheia de problemas na garagem.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale com o Portal
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp