05/11/2019 às 17h23min - Atualizada em 05/11/2019 às 17h23min

Dólar fecha em queda, de olho em pacote de medidas econômicas

A moeda norte-americana caiu 0,46%, a R$ 3,9927

Fonte G1
Nota de US$ 5 dólares — Foto: REUTERS/Thomas White

O dólar fechou em queda nesta terça-feira (5), com investidores avaliando a apresentação de um pacote econômico pela equipe do ministro da Economia Paulo Guedes e com um pano de fundo otimista em relação às negociações comerciais entre Estados Unidos e China.

A moeda norte-americana caiu 0,46%, a R$ 3,9927.

Cenário interno

O governo federal apresentou nesta quarta suas propostas para ajustar as contas públicas – tanto da União quanto dos estados e municípios. O pacote inclui três Propostas de Emenda Constitucional (PEC), que foram entregues mais cedo ao Senado Federal.

Além de avaliar as medidas propostas, investidores também reagem a expectativas em torno do leilão da cessão onerosa, previsto para esta quarta-feira (6).

"Havia muita expectativa em torno do leilão da cessão onerosa e agora muitas dúvidas sobre como ele será de fato, deixando o investidor mais cauteloso", disse o gestor Vitor Miziara, da Criteria Investimentos, ao Valor Online.

“Caso a competitividade do leilão não seja tão grande, o volume arrecadado pode não ser tão grande como o esperado”, disse Victor Beyruti, economista da Guide Investimentos, também ao Valor Online.

A expectativa com a entrada de dólares provenientes do leilão é um dos fatores que ajudou a moeda americana a se desvalorizar no Brasil nas últimas semanas.

Além disso, repercute a divulgação da ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC), que foi interpretada pelo mercado como menos favorável a mais corte de juros. Um ciclo de cortes menor beneficia o real porque não comprime tanto o diferencial de juros com o exterior. “A ata basicamente sinalizou que, dependendo dos dados, o Copom pode inclusive parar de cortar juros quando chegar em 4,5%”, disse Beyruti
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale com o Portal
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp