18/10/2019 às 10h54min - Atualizada em 18/10/2019 às 10h54min

Polícia solta filho de 'El Chapo' depois que cartel aterroriza cidade mexicana

Ovidio Guzman, filho de El Chapo, foi detido em uma casa por uma patrulha, mas ele ficou em liberdade depois que criminosos libertaram presos, queimaram carros e atiraram contra policiais na cidade.

Fonte G1
Um ônibus incendiado na cidade de Culiacán, no México, em 18 de outubro de 2019 — Foto: Jesus Bustamante/Reuters

Homens fortemente armados cercaram as forças de segurança, soltaram ao menos 20 presos e aterrorizaram a população da cidade de Culiacán, no México, na quinta-feira (17), até que o governo concordasse em soltar Ovidio Guzman, um dos filhos do traficante Joaquín "El Chapo" Guzmán.

Policiais que faziam uma patrulha entraram em uma casa na cidade onde havia quatro homens, incluindo o filho de "El Chapo" –o próprio Ovidio é acusado de traficar drogas para os Estados Unidos.

Outros atiradores chegaram e cercaram ao local, e os policiais ficaram em minoria.

“A decisão tomada foi sair da casa sem Guzman, e tentar evitar mais violência na área, preservar a vida do nosso pessoal”, diz Durazo.

Enquanto a polícia estava na casa com o filho de El Chapo, criminosos atacaram membros das forças de segurança na cidade de Culiacán.

A reação à captura de Ovidio foi considerada uma ação violenta até para os parâmetros da disputa entre polícia e traficantes no México.

Nem mesmo quando El Chapo foi preso houve ataque como o desta semana.

Os moradores de Cualiacán se protegeram em shopping centers e supermercados enquanto havia trocas de tiros na cidade. Nuvens de fumaça eram vistas no horizonte.

Cartel de Sinaloa

"El Chapo" e seu filho pertencem ao cartel de Sinaloa, considerado o maior do mundo. A presença do narcotraficante na região o fez ser reconhecido como um Robin Hood por alguns moradores do estado, mas o criminoso era considerado impiedoso com rivais.

Mesmo com a queda de Chapo, o cartel de Sinaloa tinha, no ano passado, a maior distribuição nos Estados Unidos, de acordo com o órgão de repressão às drogas americano
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale com o Portal
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp