18/10/2019 às 10h37min - Atualizada em 18/10/2019 às 10h37min

Possibilidade de gramado sintético na arena anima jogadores do Palmeiras

Após viagem para a Holanda, clube e construtora vão debater sobre custos da operação

Fonte Globo Esporte
Arena do Palmeiras antes da partida contra a Chape — Foto: Marcos Ribolli

Depois da viagem à Europa para retomar o projeto sobre uso de grama artificial na arena do Palmeiras, o assunto será debatido em São Paulo por clube e WTorre. Mas a possibilidade de mudança já tem gerado expectativa entre os atletas do Verdão.

Na última quarta-feira, o Palmeiras venceu a Chapecoense e manteve em oito pontos a diferença para o líder Flamengo. Depois de a arena ter sido palco de dois shows no fim de semana, o gramado não causou tanta preocupação desta vez.

– Hoje (quarta-feira), talvez, foi um dos melhores dias que pegamos o campo aqui. Estava, realmente, muito bom. Mas se tudo der certo para o Palmeiras, será um momento importante, porque teremos a oportunidade de jogar mais em casa, independentemente dos eventos. Se nos adaptarmos rapidamente, faz uma diferença boa. Não sabemos o que o clube está pensando, mas, se der certo, será algo bacana – afirmou o goleiro Weverton.

–Todo jogador gosta de jogar em campo bom. Tem pessoas que falam bem (de grama sintética), e outras que preferem jogar com grama normal. Gostei bastante (de grama sintética), me adaptei muito bem àquela grama. Se o Palmeiras optar por isso, vou gostar – completou Raphael Veiga, que também atuou pelo Furacão.

Na Holanda a convite da empresa Soccer Grass, o Palmeiras foi representado pelo diretor de futebol Alexandre Mattos, pelo vice-presidente Alexandre Zanotta e pelo fisioterapeuta Jomar Ottoni.

Um funcionário da WTorre também acompanhou as visitas à sede da Green Fields, responsável pela produção do gramado artificial, e do centro de treinamentos da seleção holandesa, além de estádios que usam tal tecnologia.

Na quarta-feira, a comitiva do Verdão recebeu orçamentos para aplicação da grama na arena, que é de responsabilidade da WTorre, e também na Academia de Futebol, de responsabilidade do clube, e o assunto agora será debatido em São Paulo.

Os palmeirenses se empolgaram com o que foi apresentado pelos holandeses. A grama artificial estudada é apontada como uma evolução de um material que ainda não é utilizado nos estádios brasileiros que usam gramado sintético, caso da Arena da Baixada, do Athletico-PR.

O Núcleo de Saúde e Performance do Verdão tem estudado o assunto há algum tempo. A ideia é ter um campo que se aproxime o máximo possível do natural para facilitar a adaptação e também para favorecer as condições dos atletas.

– Ao contrário do que as pessoas acham, a grama sintética é um campo muito bom de se jogar porque não tem buraco nem irregularidade. Para quem gosta de jogar e tocar a bola, acaba sendo um campo perfeito. Com adaptação, vai dar tudo certo – disse Weverton, que atuou em grama sintética pelo Athletico-PR.

– A questão é bem objetiva: o Palmeiras tem um estádio, construído em uma parceria com a WTorre, e está lá no contrato que existirão shows no Allianz Parque. E vão existir por muitos anos, pelo contrato. Então o Palmeiras vai resolver, provavelmente, essa questão, tomando a decisão que achar mais correta, juntamente com seu parceiro, para que a gente, em momentos importantes, possa ter o nosso estádio - completou Mano Menezes.

O projeto para o uso de grama artificial na arena do Verdão foi retomado em conjunto por Palmeiras e WTorre. A ideia é que o calendário de shows impacte menos na agenda dos jogos do Verdão, seja na disponibilidade de o time palmeirense poder jogar em casa ou pela qualidade do campo.

Com os eventos musicais em sequência – o complexo foi nos últimos dois anos a arena esportiva que mais recebeu atrações no mundo –, o Verdão passou a conviver com reclamações de atletas por causa da qualidade da grama.

A expectativa agora é de avaliar custos e entrar em acordo com a WTorre para adotar a partir de 2020 um campo com gramado artificial. O custo da operação não foi divulgado
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale com o Portal
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp