17/10/2019 às 20h16min - Atualizada em 17/10/2019 às 20h16min

Homem é preso por matar e enterrar corpo de mulher dentro de casa em Minas

Michele Rosa de Jesus, de 36 anos, estava desaparecida desde agosto deste ano. O marido dela confessou o crime. Além dele, o irmão e a sobrinha da vítima foram presos

Fonte Estado de Minas
Corpo foi encontrado enterrado em um dos cômodos da casa (foto: Polícia Civil / Divulgação)

O desentendimento de um casal, motivado por ciúmes, pode ter sido a causa de mais um feminicídio em Minas Gerais. A vítima do ódio,  Michele Rosa de Jesus, de 36 anos, foi assassinada pelo companheiro, de 35 anos, enforcada. A suspeita é que ela tenha descoberto o relacionamento extraconjugal entre o ex-marido e a sobrinha dela. Depois do crime, o homem enterrou o corpo na área de serviço da casa onde morava. As investigações apontam que ele tenha recebido ajuda do irmão e da própria sobrinha da vítima. Os três foram presos em flagrante.

Familiares de Michele procuraram a polícia em agosto deste ano, depois que ela não foi mais vista. Por causa disso, o crime começou a ser investigado como desaparecimento. Mas, durante as apurações, as equipes da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DCCV) de Governador Valadares, na região do Rio Doce, começaram a desconfiar que seria um assassinato.

“Começamos a investigar como desaparecimento logo que a família nos noticiou. Só que as informações colhidas nas investigações não batiam. Ouvimos diversas pessoas e começamos a desconfiar que seria um simples desaparecimento”, explicou a delegada Líliam Fernandes de Cales, responsável pelo caso.

Nesta quinta-feira, em posse de um mandado de busca e apreensão, as equipes foram até a casa onde a mulher vivia com o marido e a sobrinha, de 17 anos. A delegada afirma que, quando chegou ao local, começou a conversar com o marido de Michele, que negava o crime. Porém, durante uma hora sendo interrogado, acabou confessando o assassinato.

“Depois de uma longa conversa, ela acabou me confessando o crime. Me levou até a área de serviço da residência e indicou onde teria escondido o corpo. Cavamos neste local e acabamos encontrando o cadáver”, contou  Líliam Cales.

Foram presos em flagrante, três pessoas. O marido da mulher, que confessou o crime, o irmão dele, de 27 anos, e a sobrinha dela. Todos vão responder por ocultação de cadáver. A Polícia Civil ainda investiga se os dois últimos também participaram do feminicídio.

Relacionamento extraconjugal

A motivação do crime está sendo investigada. Levantamentos das equipes da Delegacia de Homicídios apontam que um relacionamento extraconjugal pode ter dado início a brigas do casal. “Seria uma violência doméstica motivada por ciúmes. O homem teria um relacionamento com a sobrinha. No ano passado, ela engravidou e Michele descobriu, durante a gestação, que o marido dela poderia ser o pai. Durante este tempo, a situação ficou complicada”, comentou.

Durante uma das brigas, o crime aconteceu. “O marido conta que durante uma briga, ela estava agressiva e foi para cima dele. Ele acabou a esganando com as próprias mãos. Diante do crime, resolveu ocultar o cadáver dentro da casa, contando com a ajuda do irmão”, disse a delegada.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale com o Portal
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp