16/10/2019 às 11h46min - Atualizada em 16/10/2019 às 11h46min

Fotógrafo chinês vence concurso anual do Museu de História Natural de Londres

Yongqing Bao registrou a imagem de uma marmota prestes a ser atacada por uma raposa nas Montanhas Qilian.

Fonte G1
Raposa tibetana durante ataque a uma marmota do Himalaia na reserva natural das Montanhas Qilian, na China — Foto: Yongqing Bao/Natural History Museum

O Museu de História Natural de Londres anunciou na terça-feira (15) os vencedores do concurso de fotos de natureza 'Wildlife Photographer of the Year 2019'. A premiação teve mais de 48 mil inscritos e 18 premiados em várias categorias.

O principal premiado foi o chinês Yongqing Bao, que registrou uma raposa tibetana durante o ataque a uma marmota do Himalaia na reserva natural das Montanhas Qilian, na China.

Ao descrever a foto, nomeada de "O Momento", o Museu lembra que a marmota foi surpreendida pela mãe raposa que tinha três filhotes para alimentar. As marmotas passam mais de seis meses hibernando em tocas e ressurgem na primavera, quando correm o risco de se depararem com os predadores.

Yongqing Bao é diretor e fotógrafo chefe da associação chinesa "Qilian Mountain Nature Conservation Association of China". Também é membro da "Qinghai Photographers Association" e vice-secretário-geral da associação de fotógrafos da vida selvagem de Qinghai.

Outro contemplado com o prêmio principal, só que entre os jovens fotógrafos, foi Cruz Erdmann, que registrou na Indonésia a foto batizada de "Brilho Noturno".
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale com o Portal
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp