14/09/2019 às 10h10min - Atualizada em 14/09/2019 às 10h10min

Drones atacam instalações de petroleira na Arábia Saudita e provocam incêndio

Fumaça do incêndio que atingiu duas instalações da Aramco podia ser vista do espaço.

Fonte G1

Fumaça é vista após um incêndio nas instalações da Aramco em Abqaiq, na Arábia Saudita, neste sábado (14) — Foto: Reuters

Drones atacaram duas grandes instalações da petroleira Aramco, na Arábia Saudita, e provocaram incêndios neste sábado (14), de acordo com comunicado divulgado pelo Ministério do Interior saudita.

Imagens mostraram um grande incêndio em Abqaiq, onde fica a maior fábrica de processamento de petróleo da Aramco, enquanto um segundo ataque de drones iniciou incêndios no campo de petróleo de Khurais.

A fumaça podia ser vista do espaço. Porém, as chamas já foram controladas nas duas instalações.

Incêndio atingiu instalações da petroleira Aramco em Abqaiq, na Arábia Saudita, neste sábado (14)  — Foto: Reuters

Incêndio atingiu instalações da petroleira Aramco em Abqaiq, na Arábia Saudita, neste sábado (14) — Foto: Reuters

Rebeldes iemenitas houthis, que são apoiados pelo Irã, disseram ter mobilizado 10 drones para fazer o ataque.

As autoridades sauditas, no entanto, ainda não comentaram quem teria sido o responsável pelos ataques. Uma investigação está em curso. Ainda não está claro se a ação deixou feridos.

Imagem de satélite deste sábado (14) mostra fumaça provocada por incêndios após ataque de drones na Arábia Saudita  — Foto: NASA Worldview/ AP

Imagem de satélite deste sábado (14) mostra fumaça provocada por incêndios após ataque de drones na Arábia Saudita — Foto: NASA Worldview/ AP

Guerra no Iêmen

Os ataques dos rebeldes houthis do Iêmen contra alvos sauditas são comuns e fazem parte da guerra que vem ocorrendo há anos no país. A Arábia Saudita apoia o governo iemenita liderado por Abd-Rabu Mansour Hadi, que enfrenta a oposição do movimento Houthi, alinhado com o Irã. O conflito já matou dezenas de milhares de pessoas e deixou milhões à beira da fome.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale com o Portal
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp