24/08/2019 às 12h56min - Atualizada em 24/08/2019 às 12h56min

Queimadas matam ao menos 35 jacarés no Pantanal brasileiro

Empresas locais dizem que os incêndios na região de Corumbá, localizada a 419 quilômetros de Campo Grande, têm origem criminosa

Fonte Estado de Minas
As chamas chegaram a 50 metros de distância da área destinada à reprodução dos animais (foto: caimasuloficial/Instagram )

Além de destruir a vegetação da Floresta Amazônica, as queimadas também provocam a morte de dezenas de espécies da fauna no Pantanal. Somente nos últimos dias, por exemplo, pelo menos 35 carcaças de jacarés foram encontradas no interior do Mato Grosso do Sul.
 
De acordo com a Caimasul, empresa de criação comercial de jacarés em cativeiro, as queimadas na região de Corumbá, localizada a 419 quilômetros de Campo Grande, têm origem criminosa.
 
"Desculpe! Mas temos que expressar nossa revolta!!! Um fogo criminoso queimou metade da nossa fazenda e vários animais de vida livre. Computamos jacarés, jabutis, cobras, queixadas correndo em chamas entre outros animais. Resgatamos vários jacarés fugindo do fogo, muitos com varias queimaduras. Até quando o homem seguira com estas ações?", publicou a empresa em uma rede social.

A empresa calcula que o incêndio atingiu 350 hectares do entorno da propriedade. As chamas chegaram a 50 metros de distância da área destinada à reprodução dos animais.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale com o Portal
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp