07/12/2017 às 14h29min - Atualizada em 07/12/2017 às 14h29min

Nível do Rio Doce sobe cerca de 40 centímetros em um dia no ES

Chuvas no Espírito Santo e em Minas Gerais mudaram a paisagem do rio. Os moradores estão preocupados com o aumento expressivo do nível da água.

Fonte G1

Rio Doce em Linhares encheu após fortes chuvas no Espírito Santo e em Minas Gerais (Foto: Reprodução/ TV Gazeta)

O nível do Rio Doce, em Linhares, na região Norte do Espírito Santo, subiu 40 cm em apenas um dia. A cheia é um alerta para quem mora na beira do rio. Com medo, eles já começaram a se preparar para uma possível enchente.

A gente tem menino pequeno, então a gente fica muito preocupado. Se tiver muito alto, a gente já se preocupa para subir as coisas”, disse a dona de casa Rosangela do Rosário.

Na régua de medição, o nível do rio em Linhares está em 2,85 m. Segundo a Defesa Civil, o nível do Rio Doce no município subiu em torno de 40 cm e como ainda chove muito em Minas Gerais, onde nasce o rio, pode subir ainda mais nos próximos dias.

Para a cota de alerta que é de 3,3 m falta pouco. “A previsão é que tenha muita água chegando e a informação que em Minas está chovendo e tem bastante localidade que está alagada e essa água vai chegar aqui ainda”, disse o coordenador da Defesa Civil de Linhares, Antonio Carlos do Santos.

Em Linhares, o bairro Olaria é o primeiro a ser atingido pela cheia do rio. Em alguns pontos, é possível observar que a água está bem perto das casas.

A pescadora Aparecida Rodrigues já está preocupada. Até separou barcos para sair de casa em uma emergência. “Eu mesma já tirei metade das minhas coisas, já mandei para casa dos colegas, para poder não perder as minhas coisas. A gente está com medo”

Maria Silvana dos Santos, que também é pescadora, já está atenta e começou a suspender dentro de casa algumas panelas e eletrodomésticos. “A gente está arrumando as coisas porque de repente a água vem e aí a gente já não tem nada, mas o que tem perder, né? Se a água invadir muito mesmo, a gente vai perder o que tem”, falou.

Moradora de Linhares se prepara para uma possível enchente (Foto: Reprodução/ TV Gazeta)

Moradora de Linhares se prepara para uma possível enchente (Foto: Reprodução/ TV Gazeta)

Cheia do Rio Doce em Linhares, no Espírito Santo (Foto: Reprodução/ TV Gazeta)

Cheia do Rio Doce em Linhares, no Espírito Santo (Foto: Reprodução/ TV Gazeta)

Colatina

Há um mês, a situação do Rio Doce, em Colatina, era crítica. Os pescadores nem precisavam de barco, conseguiam pescar em pé dentro do rio. Em outros trechos, havia ainda menos água, animais eram vistos pastando no leito do rio.

Depois da chuva, na régua de medição da Agência Nacional das Águas (ANA), nesta terça, indicava 4 metros. Em um dia, o nível aumentou em um metro. Para que o rio transborde, a régua precisa estar em 6,20 metros.

Nos cinco primeiros dias de dezembro, já choveu praticamente todo o volume de chuva que foi registrado no mês de novembro. De acordo com a ANA, há previsão do Rio Doce continuar subindo nas próximas horas, mas não há risco de enchente.

Rio Doce antes e depois da chuva em Colatina (Foto: Reprodução/ TV Gazeta)

Rio Doce antes e depois da chuva em Colatina (Foto: Reprodução/ TV Gazeta)

Encontro do Rio Santa Maria com o Rio Doce antes da chuva (Foto: Reprodução/ TV Gazeta)

Encontro do Rio Santa Maria com o Rio Doce antes da chuva (Foto: Reprodução/ TV Gazeta)

Encontro do Rio Santa Maria com o Rio Doce depois da chuva (Foto: Reprodução/ TV Gazeta)

Encontro do Rio Santa Maria com o Rio Doce depois da chuva (Foto: Reprodução/ TV Gazeta)

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »