20/04/2017 às 22h45min - Atualizada em 20/04/2017 às 22h45min

Recém-nascido com malformação é transferido de Colatina para Vitória

O pequeno Thiago nasceu no dia 17 de abril com a chamada hérnia diafragmática

Fonte Gazeta Online

Recém-nascido é transferido de helicóptero - Foto: Divulgação

Um bebê que nasceu com malformação e estava com quadro clínico grave no Hospital São José, em Colatina, na região Noroeste do Espírito Santo, foi transferido de helicóptero para o Hospital Infantil de Vitória, onde realizou um procedimento cirúrgico de sucesso. 

O pequeno Thiago nasceu no dia 17 de abril com a chamada hérnia diafragmática, "quando o estômago e o intestino ficam fora do abdômen, ocupando o lugar do pulmão, causando grande desconforto respiratório", explicou o intensivista pediátrico do hospital colatinense, Rafael Teixeira Ribeiro.

De acordo com o pai, o agricultor Célio Luis da Fonseca, 50 anos, o bebê nasceu no Hospital João dos Santos Neves (HJSN), em Baixo Guandu, e no mesmo dia foi transferido de ambulância para Colatina porque a maternidade não oferecia o aparato necessário para diagnosticar o problema de Thiago. No Hospital São José, a equipe médica descobriu o que acontecia com o recém-nascido, mas o procedimento cirúrgico necessário para a correção da malformação só poderia ser realizado em Vitória. 

 

Segundo a Polícia Militar de Colatina, o helicóptero veio de Vitória com uma equipe médica e pousou no Estádio Justiniano de Mello e Silva. A equipe do Hospital São José se juntou à equipe médica de Vitória e o bebê foi levado de ambulância até o estádio. De lá, a transferência foi realizada para o Hospital Infantil.

A cirurgia foi realizada na manhã desta quinta-feira (20) no Hospital Infantil de Vitória e ,de acordo com o pai, os médicos disseram que ele se recupera bem. “Agora é só felicidade para a recuperação dele. Só tenho a agradecer de coração a todos os envolvidos para salvar meu filho. Foi uma conquista para todos nós. Fui muito bem atendido por todos, inclusive pela Polícia Militar que realizou o transporte de helicóptero”.

MÉDICO QUE ATENDEU THIAGO EM COLATINA

O intensivista pediátrico do Hospital Maternidade São José, Rafael Teixeira Ribeiro ,foi quem atendeu o recém-nascido enquanto este esteve internado em Colatina.

“Ficamos sabendo que após o parto ele ficou muito cansado e o colocaram na Central de Vagas do Estado. Na segunda-feira (17) não tinha vaga, mas na terça de manhã, conseguimos e o bebê chegou em estado gravíssimo com parada cardiorrespiratória aqui no São José. Reanimamos ele e, assim que estabilizou, fizemos uma radiografia de tórax, e constatamos um hérnia diafragmática à esquerda, no qual o estômago e o intestino estavam fora do abdômen e ocupando o lugar do pulmão esquerdo do bebê, causando grande desconforto respiratório”.

De acordo com o médico, a doença é normalmente diagnosticada antes do nascimento, para que após o parto, ocorra a operação de cirurgia pediátrica. “Como em Colatina não realizamos esse tipo de cirurgia pediátrica, colocamos ele novamente na Central de Vagas do Estado, para que fosse transferido para um lugar onde tivesse uma UTI neonatal com suporte de cirurgia pediátrica. Conseguimos a vaga na terça à tarde no Hospital Infantil em Vitória. Porém, na hora de retirá-lo da incubadora do hospital para a incubadora de transporte para ser removido, ele apresentou uma instabilidade clínica, ficando incapacitado o transporte terrestre. Sendo assim, a transferência foi cancelada”.

Os médicos levaram algumas horas para estabilizá-lo e na manhã de quarta-feira (19), acionaram a Central de Vagas para possibilitar uma remoção aérea. “Por volta de 14h30 da tarde conseguimos removê-lo com sucesso para o helicóptero”.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »