10/01/2017 às 14h59min - Atualizada em 10/01/2017 às 14h59min

Frio e nevasca deixam ao menos 8 mortos na região dos Bálcãs

Centro e o leste-sudeste da Europa têm sofrido com um frio intenso no atual inverno, acompanhado de nevasca, com temperaturas que atingem -20º C.

Fonte G1

Mulher caminha por rua coberta de neve em Saravejo, na Bósnia (Foto: Amel Emric/AP)

Ao menos oito pessoas morreram mediante as temperaturas abaixo de zero e fortes nevascas que atingiram os Bálcãs, e dezenas de milhares estão retidos em regiões remotas ou sem acesso a aquecimento sob temperaturas que chegaram a atingir -20 º C.

O centro e o leste-sudeste da Europa têm sofrido com um frio intenso no atual inverno, acompanhado de nevasca, há dias. Com as temperaturas chegando a -30 graus Celsius, pelo menos 25 pessoas morreram durante o fim de semana, principalmente na Polônia. [nL1N1EZ0K4]

Nos Bálcãs, pai e filho morreram devido ao frio na Sérvia, de acordo com a emissora estatal RTS TV. Um homem também caiu em um poço e sobreviveu durante 52 horas em um frio extremo até ser encontrado por vizinhos, de acordo com autoridades locais.

Dezenas de pessoas estavam isoladas nas regiões central e sul da Sérvia em decorrência da neve. Foi declarado estado de emergência em 11 municípios.

Autoridades sérvias também interromperam a navegação ao longo do rio Danúbio em decorrência de congelamento em alguns trechos.

Na vizinha Bósnia, três pessoas em regiões remotas do país morreram congeladas, enquanto cerca de 50.000 na cidade central de Zenica perderam o aquecimento de suas casas devido a um problema em uma caldeira de uma usina da ArcelorMittal, que fornece a energia térmica para as residências.

Três homens na casa dos 50 anos morreram congelados na Albânia, e autoridades municipais levaram centenas de pessoas sem-teto para abrigos aquecidos.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »