09/01/2017 às 15h12min - Atualizada em 09/01/2017 às 15h12min

Nacional-URU faz contatos e busca patrocinadores para tentar Ronaldinho

Presidente do clube uruguaio diz que mantém contatos por R10 há 20 dias, mas vê negócio "distante"; Assis evita confirmar, mas garante decidir futuro em breve

Fonte Globo Esporte

Ronaldinho, em evento recente representando o Barcelona (Foto: Getty Images)

Envolto em uma rotina de partidas festivas e encontros de negócios entre viagens mundo afora desde que deixou o Fluminense em setembro de 2015, Ronaldinho Gaúcho pode retomar a carreira em 2017. O Nacional, do Uruguai, tem o desejo de contar com o meia para a disputa da Libertadores e chegou até a realizar uma série de reuniões para tentar a contratação de R10. A negociação, no entanto, é considerada muito difícil pelo clube charrua.

De acordo com o presidente do Nacional, José Luis Rodríguez, as conversas são conduzidas há cerca de 20 dias e intermediadas pelo empresário uruguaio Flavio Perchmann, que confirmou o interesse ao GloboEsporte.com. Ainda assim, o negócio é visto como muito distante de ser concretizado. O Bolso, como a equipe é conhecida, busca uma série patrocinadores para viabilizar a chegada de Ronaldinho.

– Estamos vendo se existe alguma possibilidade com novos patrocinadores e um montão de circunstâncias. Eu vejo como algo muito distante. Falamos de alguém que há pouco tempo foi o melhor jogador do mundo e que há três anos foi campeão da Copa Libertadores (pelo Atlético-MG, em 2013). Seria um patrocinador estrangeiro, mas não temos que nos iludir com essas coisas. Lamentamos que tenha vazado na imprensa. É algo que viemos conduzindo há 20 dias. Mas é muito distante – afirma o mandatário, ao portal futbol.com.uy.

Em contato com o GloboEsporte.com, Assis, irmão e empresário de Ronaldinho confirmou que o meia recebe e analisa uma série de propostas e convites de clubes do exterior com projeto para a disputa da Libertadores. Ainda assim, evitou confirmar se já participou de reuniões com representantes do Nacional ou se há alguma negociação em andamento. O futuro de R10 deve ser conhecido nos "próximos dias".

– Eu venho falando há algum tempo que o Ronaldo recebe propostas e convites de clubes com projeto Libertadores. Houve algumas sondagens e conversas, mas não vou comentar sobre isso. Nos próximos dias iremos decidir o futuro – disse Assis.

Ronaldinho não defende um clube de forma oficial desde a saída do Fluminense, em setembro de 2015 – em janeiro, retornou ao Flu para participar do Torneio da Florida, competição amistosa de pré-temporada. Desde então, o craque de 36 anos é presença frequente em jogos festivos e encontros de negócios, além de defender equipes de forma esporádica, também por convites. Recentemente, R10 chegou a colocar em dúvida se daria sequência, ou não, à carreira.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »