23/12/2016 às 16h20min - Atualizada em 23/12/2016 às 16h20min

Temer fará pronunciamento em rede nacional de rádio e TV na véspera de Natal

Fala foi gravada nesta semana e irá ao ar por volta das 20h deste sábado (24); Presidente viajou com a família para São Paulo, onde deve passar o Natal.

Fonte G1

O presidente Michel Temer gravou um um pronunciamento que irá ar em em rede nacional de rádio e televisão na noite deste sábado (24), véspera de Natal. A informação é da assessoria da Presidência.

A fala de Temer, que foi gravada nesta semana, deve ir ao ar às 20h30. O conteúdo exato do pronunciamento não foi divulgado pelo Palácio do Planalto.

O presidente viajou na tarde desta quinta (22) para São Paulo, onde passará o Natal com a família. Ele deverá ficar na capital paulista até a manhã da próxima segunda (26), quando voltará para Brasília.

Apesar de a agenda da semana que vem ainda não ter sido divulgada, a assessoria do presidente informou que ele despachará do Palácio do Planalto. No feriado de Ano Novo, o presidente e a família irão à Restinga de Marambaia, no Rio de Janeiro.

Anúncios

Nesta quinta, Temer dedicou a agenda a anúncios de novas medidas do governo principalmente na área econômica.

Pela manhã, o presidente ofereceu um café da manhã a jornalistas no Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência.

No encontro, ele anunciou que o governo vai liberar o saque de contas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) inativas até dezembro de 2015. O presidente declarou, também, que o baixo índice de aprovação da sua gestão "abala" mas não o incomoda para governar.

Do Palácio da Alvorada, Temer seguiu para o Palácio do Planalto, onde anunciou uma proposta de reforma da legislação trabalhista. Pela proposta do governo, 12 pontos poderão ser negociados entre patrões e empregados e, em caso de acordo, passarão a ter força de lei.

Segundo pronunciamento

Este será o segundo pronunciamento de Temer em rede nacional como presidente efetivo. O primeiro foi em 31 de agosto, dia do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

Na ocasião, Temer disse que o governo não terá como garantir o pagamento da aposentadoria sem uma reforma na Previdência Social e defendeu mudanças nas regras trabalhistas. Ambas as medidas já foram apresentadas. A primeira foi enviada ao Congresso como Proposta de Emenda à Constituição. A segunda, como uma Medida Provisória e o restante por meio de Projeto de Lei.

O pronunciamento durou cinco minutos e foi gravado no Palácio do Jaburu – residência oficial da Vice-Presidência – antes mesmo de ser empossado na Presidência da República em cerimônia rápida no plenário do Senado.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »