15/12/2016 às 15h57min - Atualizada em 15/12/2016 às 15h57min

Aeronáutica abre concurso com 173 vagas

Inscrições podem ser feitas em janeiro

Fonte Gazeta Online

O departamento de ensino da Aeronáutica publicou edital de abertura das inscrições do concurso que selecionará 173 profissionais para o estágio de adaptação à graduação de sargento. Os concluintes do curso serão distribuídos e classificados nas organizações militares do Comando da Aeronáutica, abrangendo todo o território nacional, de acordo com a necessidade da administração.
 
Interessados devem ter completado o ensino médio e o curso técnico, ter idade superior a 17 anos e não ter completado 25 anos até o dia 31 de dezembro do ano da matrícula do estágio 2018. Oportunidades são para homens e mulheres, e estão distribuídas entre as especialidades de administração (40 vagas), enfermagem (45), eletricidade (14), eletrônica (30), pavimentação (8), informática (20), obras (8) e topografia (8).
 
As inscrições no concurso serão aceitas no período de 3 a 31 de janeiro de 2017. A ficha de cadastro estará disponível nos endereços eletrônicos: www.fab.mil.br/eear e http://ingresso.eear.aer.mil.br. Será cobrada uma taxa de participação, no valor de R$ 60.
 
O concurso da Aeronáutica será constituído de prova objetiva; inspeção de saúde; exame de aptidão psicológica; teste de avaliação do condicionamento físico; prova prática da especialidade; e validação documental.
 
A prova objetiva será composta por questões de múltipla escolha que versarão sobre as disciplinas de língua portuguesa e conhecimentos especializados. Ela será aplicada no dia 9 de abril nas seguintes cidades: São Paulo/SP, São José dos Campos/SP, Rio de Janeiro/RJ, Belém/PA, Recife/PE, Fortaleza/CE, Salvador/BA, Belo Horizonte/MG, Campo Grande/MS, Canoas/RS, Santa Maria/RS, Curitiba/PR, Brasília/DF, Manaus/AM e Porto Velho/RO.
 
O estágio da Aeronáutica
 
O estágio de adaptação à graduação de sargento da Aeronáutica será realizado na Escola de Especialistas de Aeronáutica, localizado em Guaratinguetá/SP, em 2018. Ele será ministrado sob regime de internato militar, com duração aproximada de um ano, e abrangerá instruções nos campos militar e técnico-especializado.
 
No momento da matrícula, o candidato passará à situação de aluno (praça especial) e estará sujeito ao regime escolar, fazendo jus à remuneração fixada em lei, além de alimentação, alojamento, fardamento, assistência médico-hospitalar e dentária.
 
Segundo o edital, a instrução ministrada no campo militar busca transmitir e reforçar os postulados básicos da vida castrense, referentes à futura graduação, bem como desenvolver elevado grau de vibração, devoção e entusiasmo pela carreira na Força Aérea. Além das características de resistência física, necessária ao profissional militar, procura-se por meio da referida instrução sedimentar no aluno os princípios basilares da instituição (hierarquia e disciplina), como também, os fundamentos de ética e da estrutura organizacional do Comando da Aeronáutica, de modo que, ao término do estágio, o futuro sargento esteja dotado de atributos e competências que o qualificarão a ser um integrante do Corpo de Graduados da Aeronáutica.

Fonte: JC Concursos

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »